Sal: suposto homicida de colega de trabalho fica em prisão preventiva

O suposto homicida do colega de trabalho na ilha do Sal ficou em Prisão Preventiva.

O indivíduo do sexo masculino, suspeito de assassinar, no final da tarde de quarta-feira, 17, um colega de trabalho foi detido na madrugada de sexta-feira, 19, pela Polícia Judiciária, através do Departamento de Investigação Criminal do Sal, numa operação conjunta com a Polícia Nacional.

Presente ao juiz no mesmo dia, o indivíduo, sobre o qual recaem as acusações da prática de dois homicídios, sendo uma na sua forma tentada, recebeu como medida de coação, a Prisão Preventiva.

O crime que aconteceu no interior de uma casa comercial, na zona de Tanquino Norte, em Santa Maria, terá acontecido na sequência de um desentendimento entre o suposto homicida e a vítima, morta com seis tiros



Deixe uma resposta