banner msg


 denuncias

Evitar roubos às residências

1. Anote em local seguro, os números de série dos aparelhos electrodomésticos existentes em sua residência. Em caso de roubo poderão ser úteis na localização e recuperação dos mesmos.


2. Registe o número de série (IMEI) do seu telemóvel junto da CVtelecom; Em caso de roubo torna-se mais fácil recupera-lo ou bloquea-lo. O número de série encontra-se gravado na parte interna do aparelho, debaixo da bataria. Poderá ser também obtido digitando simplesmente, *#06#.


3. Tranque sempre portas e portões de acesso da sua casa. Não os deixe abertos inutilmente, ainda que por poucos momentos. Os delinquentes aproveitam-se dos nossos descuidos;


4. Proteja as janelas com grades sólidas, preferentemente instaladas no lado interno. Faça o mesmo em relação a todas aquelas que possam ser alcançadas por escalamento;


5. Proteja a porta da cozinha. Isole aquela dependência durante o repouso noturno trancando as portas intermediárias. Aja da mesma maneira quando se ausentar. Os arrombamentos são mais freqüentes através dos acessos dos fundos da casa;


6. Não confie à empregada todas as chaves da casa, mas somente aquelas necessárias para que ela aceda às dependências da cozinha e anexos;


7. A selecção de pessoal doméstico e do condomínio deve ser rigorosa, com pesquisa dos antecedentes policiais dos candidatos e criteriosa verificação das fontes de referência. De preferência deve ser mantida a máxima discrição quanto aos valores guardados na casa, existência de cofres, etc;


8. Ao contratar empregados, se residirem fora do emprego, faça uma verificação de endereço antes de empregá-los. Em caso de dúvida, consulte a Polícia;


9. Esteja alerta à presença de suspeitos nas imediações de sua casa, nos momentos de sua chegada ou na hora de sua saída.


10. Não admita a entrada de estranhos em sua casa. A identificação de carteiros, entregadores de gás, funcionários da Telecom, da Electra, da PJ e da POP, deve ser devidamente examinada e, em caso de dúvida, deve ser confirmada por qualquer meio. Sempre que possível alerte os outros familiares, ou o vizinho mais próximo, quando franquear a entrada de um deles em seu lar;


11. Delinquentes podem utilizar falsa qualidade de funcionários das empresas e serviços acima indicados para acederem à sua residência e cometerem roubos;


12. Não guarde grandes valores em sua casa. Guarde-os nos bancos;


13. Use cães no lado externo da casa. Cachorros de estimação e/ou de pequeno porte devem ficar dentro de casa, principalmente na área dos fundos, onde poderão dar alarme no caso de tentativa de arrombamento;


14. Não confie armas de fogo a guardas. Os guardas desavisados são presa fácil dos delinquentes que, no primeiro acto, se apossam de suas armas;


15. Mantenha sempre à mão os telefones de emergência da Polícia Judiciária. Conheça a localização da PJ na sua ilha. Instrua seus familiares e empregados de como proceder em caso de perigo iminente ou de simples observação de suspeitos nas imediações;


16. Quando estiver só em sua casa e surgir um estranho que pretenda fazer a entrega de encomendas não esperadas (presentes, flores, malas directas, etc.), não abra sua porta e peça para que volte em outro horário. Se decidir atender, avise pelo telefone um vizinho e peça que ele fique observando o que irá suceder. Havendo outras pessoas na casa, uma delas devidamente resguardada, deve permanecer alerta vigiando o atendimento;


17. Procure manter a entrada de sua casa livre de obstáculos que impeçam sua ampla visão do interior do imóvel. Evite objectos que dificultem sua própria observação e também a de seus vizinhos, das áreas de acesso;


18. Se por ventura instalar alarmes sonoros e/ou luminosos, deverá testá-los periodicamente para sua melhor segurança e também para que seus vizinhos, devidamente avisados, reconheçam-nos com facilidade e possam ajudar em caso de perigo;


19. Os exaustores e aparelhos de ar condicionado devem ser solidamente presos à base de sustentação que, por sua vez, deve ser cravada em armação de concreto armado que circunde o orifício feito para sua instalação;


20. Procure conhecer seus vizinhos e combinar com eles medidas de auxílio mútuo. A solidariedade é importante nos momentos de perigo; Onde existe fortes laços de vizinhança, há menos furtos;


21. Use todos os expedientes para dificultar a acção de delinquentes, desde a simples colocação de trincos e travas de segurança nas portas e janelas, até trancas, correntes e cadeados nos pontos mais vulneráveis. Improvise suas defesas conforme a necessidade, a saber:

 

22. Colocação de obstáculos internos que impeçam a abertura de portas, quando se ausentar;

 

23. Distribua aparatos que façam barulho quando as portas e janelas forem forçadas;

 

24. Em janelas e portas que deslizam sobre trilhos, coloque peças de madeira que impeçam seu deslizamento;

 

25. Para manter vidraças fechadas faça um furo no ponto em que as partes se sobrepõem e introduza um prego ou parafuso resistente;


 

Nos Prédios de apartamentos

 

1. O pessoal da portaria do prédio, deve ser alertado para os diferentes expedientes usados pelos delinquentes e devem estar capacitados para tomar providências urgentes quando necessário;

 

2. As entradas do imóvel e da garagem - devem ser suficientemente iluminadas, evitando-se o uso de objectos que obstruam a ampla visão do local à distância;

 

3. Os acessos aos apartamentos igualmente devem ser dotados de boa iluminação, controlada do interior da residência. As portas devem ser sólidas e guarnecidas de "olhos mágicos" ou outros dispositivos que permitam a observação ao exterior;

 

4. O interfone é de grande valia para que, em caso de emergência, o morador comunique a presença de suspeitos ou de indivíduos indesejáveis em seu "hall" de entrada;

 

5. Havendo outros prédios contíguos ou próximos, por consenso dos seus moradores, poderá ser instalada uma ligação pelo interfone de suas portarias, ou mesmo de um simples alarme sonoro que funcionará como pedido de auxílio nos momentos de perigo;

 

6. O mesmo alarme sonoro, acústico e ou luminoso poderá ser instalado em casa vizinha, estabelecimento comercial ou simplesmente em local externo, à vista dos moradores das imediações, com divulgação da instalação desse recurso;

 

7. A entrega de encomendas, flores, correspondência, etc, que não tenham sido solicitadas ou que não estejam sendo esperadas deve ser recusadas, ainda que o portador se apresente na companhia de empregados do condomínio;

 

8. Quando estiver aguardando entrega a domicílio, instrua a portaria para receber as encomendas, evitando a presença de estranhos em seu apartamento. Quando recepcionar pessoas que não conheça, faça-o nas áreas de uso comum do edifício, à vista dos funcionários da portaria;

 

9. Ao chegar e ao sair, esteja alerta para a presença de estranhos nas imediações de seu prédio. Qualquer suspeita deverá ser comunicada imediatamente à Polícia, que saberá analisar a informação e tomar as providências cabíveis;

 

10. Se no entanto for surpreendido por assaltantes, procure manter a calma. Não tente dialogar ou discutir com eles. Havendo oportunidade, diga que não guarda valores em casa, por exigência do seguro, e que está aguardando visitas; Procure memorizar suas características pessoais, tiques nervosos, trajes, tatuagens, cicatrizes, sotaque, particularidades da fala, etc...Sobretudo não reaja.

 

 

 

Ao deparar com sua casa arrombada:

 

Não entre em casa, ligue para a polícia e aguarde a chegada de uma viatura no local e faça o registo da ocorrência.

 

Em caso de dúvida ligue para Polícia Judiciária e peça ajuda. 
Para dar alguma informação ligue para o 134, inclusive, podendo manter anónima a sua identidade.

 

 



Desenvolvido por STIAT - PJ