Polícia Judiciária detém indivíduo suspeito de crime de roubo com violência sobre pessoas

A Polícia Judiciária, através da Secção de Investigação de Crimes Patrimoniais (SICP) – Brigada de Combate ao Banditismo -, deteve, esta sexta-feira, 12, fora de flagrante delito, um indivíduo do sexo masculino, de 21 anos, residente no bairro da Várzea, acusado da prática de um crime de roubo com violência contra pessoas, ocorrido no passado dia 19 de agosto, na localidade de Achada Santo António.

Para a execução do crime, o ora detido, na companhia de outros dois suspeitos, terá usado uma arma de fogo de calibre desconhecido, com a qual fizeram de refém três vítimas, sendo um desses dono de um estabelecimento comercial na qual efetuavam o roubo.

Na sequência dos factos, os suspeitos terão se apoderado de uma quantia em dinheiro no valor de, aproximadamente, quarenta mil escudos, e demais artigos do estabelecimento, entre os quais, várias carteiras de cigarros, garrafas de Whisky, um telemóvel e um computador portátil. Não satisfeitos, antes de deixar o local, os suspeitos terão ainda agredido uma das vítimas com coronhadas na cabeça.

O detido foi presente, ainda esta sexta-feira, às autoridades judiciárias competentes para efeito do primeiro interrogatório judicial de arguido detido, e aplicação de medidas de coação pessoal, tendo-lhe sido aplicado a Prisão Preventiva.