OPERAÇÃO ESER: PJ apreende 9,5 toneladas de Cocaína no Porto da Praia

A Polícia Judiciária, através da Secção Central de Tráfico de Estupefaciente (SCITE), no âmbito do combate ao tráfico de estupefacientes, por via marítima, munida de mandado de busca e apreensão à  embarcação – ESER –, de pavilhão Panamense, procedeu, ontem, dia 31 de janeiro, no Porto da Praia, a apreensão de 260 fardos, com o peso bruto de 9. 570 kg, contendo no interior desses fardos, um produto, que submetido a teste rápido reagiu positivamente para cocaína.

Na sequência da operação, foram detidos 11 cidadãos, todos de nacionalidade russa, os quais serão presentes às Autoridades Judiciárias competentes, para validação das detenções e aplicação das medidas de coação.

 

Informa, ainda, que o cargueiro, oriundo da América do Sul, tinha como porto de destino TANGER, Marrocos. O cargueiro, fez, entretanto, uma escala no Porto da Praia, para cumprir os procedimentos legais relacionados com a morte, a bordo, de um dos tripulantes. Todavia, antes, a PJ já estava na posse de informações de que se tratava de uma embarcação suspeita de transportar uma quantidade indeterminada de estupefacientes.

 

Esta operação foi desenvolvida na sequência de um processo de instrução, resultante da troca de informação operacional com o  MAOC – N, (Maritime Analysis and Operations Centre – Narcotics), com sede em Lisboa.

A Polícia Judiciária, na operação de busca, descarga, acondicionamento, transporte e guarda do produto apreendido, contou com a cooperação e suporte técnico da Polícia Judiciária Portuguesa, da Polícia Nacional Francesa, bem como da habitual colaboração das forças de segurança nacionais, designadamente, as Forças Armadas, a Polícia Marítima, e, ainda, da ENAPOR e do Porto da Praia.