Praia: PJ detém indivíduo suspeito de coautoria em roubo à residência na Cidadela

A Polícia Judiciária, através da Secção de Investigação de Crimes Patrimoniais (SICP) – Brigada de Combate ao Banditismo –, em cumprimento de um mandado do Ministério Público, deteve, esta segunda-feira, 02, fora de flagrante delito, um indivíduo do sexo masculino, de 22 anos, residente em Bela Vista, suspeito de coautoria na prática de um crime de roubo com violência contra pessoa, um crime de sequestro e um crime de armas, ocorridos no passado dia 13 de agosto, no bairro da Cidadela, na cidade de Praia.

O detido integrou um grupo de cinco indivíduos, todos militares à data dos factos, que terão orquestrado um plano de assalto à uma residência no referido bairro, na qual a namorada do ora detido trabalhava como empregada doméstica, esta que, por saber onde eram guardados o dinheiro e outros bens da casa, terá colaborado com os suspeitos, na prática dos crimes.

Os indivíduos em causa terão se apoderado de dinheiro, num valor de 1.260.000$00 (um milhão, duzentos e sessenta mil escudos) e outros bens que se encontravam dentro do cofre da residência.

Munidos de armas de fogo de fabrico artesanal, “Boca Bedju” e branca, os detidos terão, ainda, ameaçado a proprietária da casa, a quem, ato contínuo, terão amarrado e sequestrado.

O detido será presente, no prazo legal, às autoridades judiciárias competentes, para efeito do primeiro interrogatório judicial de arguido detido e aplicação de medidas de coação pessoal. Os demais quatro suspeitos, por sua vez, encontram-se todos em Prisão Preventiva na Cadeia Central da Praia, a aguardar julgamento.