Praia: PJ detém três indivíduos suspeitos de tentativa de homicídio, roubo, extorsão e detenção de arma

A Polícia Judiciária, através da Secção de Investigação de Crimes Patrimoniais (SICP) –Brigada de Combate ao Banditismo, em cumprimento de mandados do Ministério Público, deteve, na sexta-feira, 24, fora de flagrante delito, três indivíduos do sexo masculino, com idades compreendidas entre os 29 e os 31 anos, residentes em Tira Chapéu, Fontom e São Pedro, suspeitos da prática,  em autoria e em concurso real, de um crime de homicídio na forma tentada; um crime de roubo com violência contra pessoas; um crime de extorsão e um crime de armas.

Os factos terão ocorrido em agosto de 2019, tendo os suspeitos, de comum acordo e em conjugação de esforços, mediante plano previamente arquitetado, resolvidos assaltar pessoas que frequentavam um espaço de diversão noturno, na localidade do Palmarejo. Na ocasião, e usando da violência, os suspeitos terão subtraído de dois emigrantes, residentes ana Holanda, uma grande quantia em dinheiro, telemóveis e outros bens. Ato contínuo, a poucos metros do local e mediante uso de arma de fogo, terão assaltado e depois atirado contra um outro indivíduo, acabando este por ficar gravemente ferido, e levando-lhe uma mochila com todos os pertences. 

Ainda na tarde do dia 02 de janeiro do corrente ano, os suspeitos, considerados indivíduos extremamente perigosos, que se dedicam à prática de crimes de roubo com violência sobre pessoas e posse de arma, terão abordado uma das vítimas, com o intuito de amedrontar e, consequentemente, lhe extorquir dinheiro.

Os detidos foram presentes no sábado, 25, ao Tribunal da Comarca da Praia, que aplicou Prisão Preventiva a dois deles e TIR e Apresentação Periódica ao terceiro detido, como medidas de coação pessoal.